Cursos

Dança

O Conservatório de Música de Santarém contempla na sua oferta formativa, aulas de Ballet e Dança Contemporânea em Regime Livre.

Dança Contemporânea

 

A dança contemporânea é uma arte interpretativa que assenta numa forte e exigente formação técnica alicerçada nos princípios da dança moderna. Para compreender a dança contemporânea é imprescindível compreender o percurso da dança moderna, que se define como uma forma de expressão corporal que surge pela transposição que o dançarino faz, por meio de uma formulação pessoal, de um fato, uma ideia, uma sensação, um sentimento.
Tornando-se assim uma forma de ser para quem quer comunicar com o seu corpo dançando descalço. Isto implica, para o bailarino de dança moderna, a necessidade permanente de encontrar os princípios de uma técnica que, como no caso da dança clássica, está sujeita a algumas regras, mas as regras são diferentes. Esta diferença técnica reside tanto na técnica como na origem da motivação do movimento.
A dança moderna é um produto do século XX, não é fruto do acaso, mas de uma necessidade natural de criar tendo em conta as preocupações sociais e estéticas da sua época.

 

A dança contemporânea surge da necessidade de nos expressarmos de uma forma mais atual, mantendo-nos sempre em constante evolução.

O ser humano está sujeito desde o nascimento às circunstâncias e costumes de um continente, um país, uma cidade, uma vila, uma comunidade, uma família; que acabam sendo decisivos no desenvolvimento e formação de nossa cultura, educação, modo de pensar e portanto de nossa personalidade.

A questão é: Que significa exatamente o termo CONTEMPORÂNEO? Que significa a contemporaneidade na DANÇA? Quando começa uma ação ou tendência contemporânea? Qual é a sua duração e qual é o seu fim?

A evolução constante seria a resposta a todas essas perguntas. Algo que não acaba, que se transforma exatamente como o próprio ser e tudo o que nos rodeia. A continuação dos princípios modernistas de fundir o corpo com a mente e o espírito. Um triângulo que favorece o equilíbrio. Se tudo estiver certo, estamos prontos para começar.

Por isso, devo enfatizar que a dança contemporânea estará sempre ligada à sua mãe, a dança moderna. Para compreender a dança contemporânea é preciso estudar e analisar a dança moderna que nos deu uma abertura diferente ao Ballet, criando uma técnica, estrutura e objetivos próprios. Portanto, não podemos definir a dança contemporânea como uma técnica em que vale tudo, formando um “cocktail” de ballet, acrobacia, jazz, ginástica, etc. Pelo contrário, tem definição própria e com personalidade suficiente para ser reconhecida como uma arte altamente qualificada, visando o estudo do próprio corpo, suas possibilidades, desenvolvimento, evolução e aperfeiçoamento por meio da técnica, fugindo do virtuosismo evidente, apostando pela naturalidade (o espectador não deve estar atento à técnica, deve sentir e se emocionar fazendo parte do que está acontecendo). Em suma, compor a arte de sublimar pela união da mente-corpo-espírito ou pensamento-matéria-emoção.

Devemos refletir: “A dança contemporânea sem técnica não pode ser considerada dança”.

A técnica é a ferramenta, a forma de compreender, é o legado dos nossos antepassados, mestres, coreógrafos e bailarinos dos quais acabámos por fazer parte e nos deram a base para seguirmos investigando para nos formarmos como bailarinos intérpretes, mais versáteis e mais credíveis.

Todas as técnicas e estilos de dança, tudo o quê contribui nos melhora. Estes podem e devem ser complementares, para não acabarmos por ser formatados nesta ou naquela técnica ou estilo, sendo verdadeiros bailarinos contemporâneos: sempre em estado evolutivo.

– Juan María Seller (2021)

Espetáculo de Dança – Degraus

 

em colaboração com:

 

Departamento de Música

Departamento de Dança Contemporânea

 

” Uma nota, um passo nem antes nem depois

simplesmente ao mesmo tempo

latejando juntos para sempre ” – Juan Maria Seller

 

Coreografia: Juan Maria Seller

(Espetáculo: Arte X La Vida, Porto Rico)

Contemporânea

Dança Contemporânea
A dança contemporânea é uma arte interpretativa que assenta numa forte e exigente formação técnica alicerçada nos princípios da dança moderna. Para compreender a dança contemporânea é imprescindível compreender o percurso da dança moderna, que se define como uma forma de expressão corporal que surge pela transposição que o dançarino faz, por meio de uma formulação pessoal, de um fato, uma ideia, uma sensação, um sentimento.
Tornando-se assim uma forma de ser para quem quer comunicar com o seu corpo dançando descalço. Isto implica, para o bailarino de dança moderna, a necessidade permanente de encontrar os princípios de uma técnica que, como no caso da dança clássica, está sujeita a algumas regras, mas as regras são diferentes. Esta diferença técnica reside tanto na técnica como na origem da motivação do movimento.
A dança moderna é um produto do século XX, não é fruto do acaso, mas de uma necessidade natural de criar tendo em conta as preocupações sociais e estéticas da sua época.

Ballet

 

O CMS no âmbito da sua política de internacionalização, procurando o enriquecimento curricular e cultural dos seus alunos de Ballet, tornou-se parceiro e representante em Portugal da American Academy of Ballet (AAB), com sede em Nova Iorque. Nas Classes de Ballet, estão inscritos alunos de ambos os géneros, distribuídos por Níveis, segundo o método da AAB, integrando alunos dos 3 aos 18 anos. Durante este ano, o CMS tem igualmente projetado o início das Classes de Ballet para Adultos e Ballet Sénior.Para além das aulas técnicas, são asseguradas igualmente aulas de Barra de Chão, que funcionam com complemento à formação em Ballet, executando os alunos exercícios que promovem a consciência corporal.São aulas compostas por exercícios de centro e de chão, sendo que os primeiros promovem equilíbrio, foco, postura, força e resistência e os exercícios de chão promovem alinhamento, correta colocação de costas, braços, pernas e pés,controlo abdominal, flexibilidade (como as espargatas) e alongamento. É um trabalho complementar à aula de Ballet.

Ballet

Ballet
O CMS no âmbito da sua política de internacionalização, procurando o enriquecimento curricular e cultural dos seus alunos de Ballet, tornou-se parceiro e representante em Portugal da American Academy of Ballet (AAB), com sede em Nova Iorque. Nas Classes de Ballet, estão inscritos alunos de ambos os géneros, distribuídos por Níveis, segundo o método da AAB, integrando alunos dos 3 aos 18 anos. Durante este ano, o CMS tem igualmente projetado o início das Classes de Ballet para Adultos e Ballet Sénior.Para além das aulas técnicas, são asseguradas igualmente aulas de Barra de Chão, que funcionam com complemento à formação em Ballet, executando os alunos exercícios que promovem a consciência corporal.São aulas compostas por exercícios de centro e de chão, sendo que os primeiros promovem equilíbrio, foco, postura, força e resistência e os exercícios de chão promovem alinhamento, correta colocação de costas, braços, pernas e pés,controlo abdominal, flexibilidade (como as espargatas) e alongamento. É um trabalho complementar à aula de Ballet.